Serviços de capina, roça e varrição são alterados durante a Onda Roxa em Juiz de Fora

postado em: Notícias | 0

Jornada dos trabalhadores foi alterada para seis horas ininterruptas, divididas em dois turnos, como medida de segurança e prevenção à Covid-19.

 

A Prefeitura de Juiz de Fora divulgou, na quarta-feira (31), que os serviços de capina, roça e varrição foram alterados durante a Onda Roxa no município. A cidade permanece na etapa mais restritiva do “Minas Consciente” por pelo menos até 11 de abril.

 

De acordo com a Administração, a jornada dos trabalhadores foi alterada para seis horas ininterruptas, divididas em dois turnos.

 

Desde o início da nova gestão, os servidores atuam na Operação “Boniteza” que tem o objetivo de limpar os espaços públicos e foi anunciada ainda antes da posse de Margarida Salomão (PT).

 

Segundo a diretora Operacional do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb), Úrsula Zimmermann, “a medida irá aumentar as condições de afastamento entre os profissionais que atuam em funções consideradas essenciais, diminuindo, consequentemente, a permanência de funcionários juntos nos locais de entrada, almoço e saída do trabalho”.

 

As escalas das equipes serão realizadas da seguinte forma:

 

Capina e roçada: de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h (primeira turma) e das 8h às 14h (segunda turma);

 

Varrição: de segunda a sábado, das 7h às 13h e das 12h às 18h e domingos e feriados, das 7h às 13h.

 

Quando houver necessidade de realização de hora extra, o trabalho será executado por apenas uma turma com jornada máxima de seis horas.

 

 

Por G1 Zona da Mata

 

01/04/2021 12h17  Atualizado há um dia

Sede do Demlurb em Juiz de Fora — Foto: Prefeitura/Divulgação

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =