Recicle pede descarte correto de lixo para evitar que coletores se machuquem; confira dicas

postado em: Notícias | 0

Materiais cortantes necessitam maior atenção

   

A empresa Recicle é responsável por recolher o lixo doméstico em Brusque e outras cinco cidades da região. Conforme a empresa, os coletores têm se ferido com o o descarte irregular de resíduos.

 

Ao todo, a Recicle possui 163 funcionários responsáveis pela coleta de lixo. São eles que entram diretamente em contato com o resíduo colocado nas lixeiras. Em alguns casos, os coletores se deparam com materiais cortantes que não foram devidamente descartados.

 

Para evitar ferimentos nos trabalhadores, a Recicle divulgou algumas dicas de como as pessoas devem descartar o lixo. Apesar dos coletores utilizarem luvas entre outros equipamentos de proteção individual, alguns acabam se ferindo quando o material não é corretamente descartado.

 

A primeira dica é sempre colocar cacos de vidro e materiais pontiagudos em jornais, dentro de garrafas pet cortadas, ou caixas de leite. Somente após essa primeira camada de proteção que o vidro deve ser colocado no saco de lixo. Isso garante que os pedaços não machuquem os coletores durante o trabalho.

 

Já as seringas e agulhas não podem ser jogadas no lixo comum, pois podem causar contaminação. O destino correto para esse matéria são as farmácias, postos de saúde ou hospitais. Neste momento de pandemia, a utilização de sacos duplos é indicada.

 

“Na Recicle a segurança é um valor inegociável e oferecemos, além de equipamentos modernos e seguros, treinamentos e programas de conscientização para o uso correto dos EPIs. Porém, mesmo com o uso adequado dos dispositivos de segurança, boa parte dos acidentes com os coletores acontece por conta de materiais descartados de forma inadequada no lixo. Precisamos da colaboração de toda a sociedade para garantir que os profissionais da coleta executem suas atividades com segurança”, afirma Hanokh Yamagishi, gerente regional da Recicle.

 

Um exemplo é o caso de Rubeni Almeida, de 28 anos. Ao retirar um saco de lixo de uma casa em Brusque, onde trabalha, mesmo utilizando luvas protetoras específicas para a atividade, teve a mão perfurada por uma agulha. Após receber todos os cuidados médicos necessários, o profissional teve certeza que é preciso conscientização para ajudar a melhorar o seu dia a dia e dos colegas. “Minha dica é sempre colocar as agulhas e seringas dentro de uma garrafa pet, por exemplo”, relata.

 

Outras dicas importantes:

Mantenha cães presos nos horários próximos da coleta de lixo;

Evite o uso de tambores e bombonas;

Utilize sacos de até 50 litros;

Instale cestos elevados;

Ficar atento aos dias de coleta e só colocar o lixo fora neste período.

 

“Os profissionais de limpeza urbana prestam um serviço essencial à sociedade, e proteger as mãos deles é contribuir para a manutenção da saúde e bem estar de todos”, explica Yamagishi.

 

Para conferir as datas de coleta em cada cidade, basta acessar o site da Recicle.

 

 

Por Redação 18/08/2021 20:30

 

Foto: Marcos Borges/Arquivo O Município

1 / 1

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 19 =