CAS votará no início de julho regulamentação da profissão de gari

postado em: Notícias | 0

O projeto que regulamenta a profissão de gari (PL 3.253/2019) será votado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) no início de julho. De autoria do senador Paulo Paim (PT-RS) e aprimorada pelo relator, senador Lucas Barreto (PSD-AP), a proposta fixa o piso salarial e a jornada de trabalho da categoria, bem como as condições para exercer a profissão.

 

 

Transcrição

A VOTAÇÃO DO PROJETO QUE REGULAMENTA A PROFISSÃO DE GARI NA COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS FICOU PARA A PRÓXIMA SEMANA.

SE APROVADA, A PROPOSTA SEGUE PARA A CÂMARA DOS DEPUTADOS. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES.

 

De autoria do senador Paulo Paim, do PT gaúcho, o projeto regulamenta a profissão de agentes de coleta de resíduos, limpeza e conservação das áreas públicas – os chamados garis e margaridas. Segundo o relatório do senador Lucas Barreto, do PSD do Amapá, a jornada de trabalho desses profissionais será de trinta e seis horas semanais e o piso salarial de R$ 1.850,00, corrigido anualmente. Para exercer a profissão, o trabalhador deverá ter concluído o quarto ano do ensino fundamental ou ter feito treinamento específico. Na avaliação do senador Paim, a proposta foi aprimorada para valorizar esses profissionais.

 

É um projeto, de fato, sensível, que representa um abraço carinhoso a essa camada da população tão sofrida que são os chamados garis e as margaridas. São verdadeiros operários e operárias do meio ambiente, evitando a proliferação das pragas e de doenças. Trabalham debaixo do sol e de chuva, nas madrugadas, nos fins de semana inclusive. É uma categoria que é considerada invisível. Esses profissionais merecem todo o nosso respeito e admiração.

 

Ao explicar que a limpeza urbana é essencial à saúde, a senadora e médica Zenaide Maia, do Pros potiguar, destacou a importância desses profissionais.

 

Gente, esse povo salva vidas também, porque eles fazem a medicina preventiva, que é justamente não deixar os seres humanos em contato com resíduos. A gente vê que a principal causa que está apontada pela ciência para esta pandemia é justamente resíduos de animais. Então, estão de parabéns esses profissionais, que, muitas vezes, passam despercebidos.

 

A proposta teve a discussão encerada e está pronta para ser votada. Se aprovada, seguirá diretamente para a Câmara dos Deputados. Da Rádio Senado, Iara Farias Borges.

 

Iara Farias Borges

29/06/2022, 12h21 – ATUALIZADO EM 29/06/2022, 12h21

Duração de áudio: 02:08

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 7 =