Trabalhadores de Áreas Verdes cruzaram os braços no Parque do Carmo por atraso no pagamento do salário e benefícios

postado em: Notícias | 0

Trabalhadores da empresa Medeiros, que prestam serviços no Parque do Carmo, na Zona Leste de São Paulo, cruzaram os braços no último dia (11) por atraso no pagamento do salário e benefícios. Eles procuraram o SIEMACO-SP e informaram que até a presente data não havia sido depositado os valores correspondentes. Intervenção do sindicato, com a paralisação do serviço, reverteu a situação em favor da categoria.

 

A diretora responsável por Áreas Verdes no sindicato, Silvana Souza, deslocou o coordenador Leandro Toledo e o assessor Nailton Nascimento para averiguarem o caso. Após bate-papo com os trabalhadores todos decidiram cruzar os braços até que a empresa creditasse os valores devidos.

 

“Ligamos para a empresa solicitando um posicionamento e fomos informados que ‘o banco havia recolhido uma parcela indevida’”, disse a diretora Silvana.

 

Após pressão do sindicato, a empresa regularizou a situação de todos e os trabalhadores voltaram aos seus postos de trabalho, agradecendo a presença e a atuação do SIEMACO-SP.

 

“Infelizmente não é a primeira vez que os funcionários ficam sem seus salários e benefícios. Já estamos dialogando com a empresa desde o ano passado referente aos atrasos. Quero ressaltar que os trabalhadores que já tinham recebido o salário e benefícios, em solidariedade aos demais colegas, também cruzaram os braços. Essa solidariedade é essencial para unir a categoria na defesa dos seus direitos”, concluiu Silvana.

 

 

 

 

* Pelos jornalistas Alexandre de Paulo (MTB 53.112/SP) e Fábio Busian (MTB 81.800/SP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + cinco =