SIEMACO-Previdenciário realiza encontro com aposentadas visando conscientização sobre câncer de mama

postado em: Notícias | 0

Nesta sexta-feira (21) o SIEMACO São Paulo recebeu um grupo de trabalhadoras aposentadas pela entidade, a convite do Departamento Previdenciário, que vieram ao sindicato participar de um encontro referente ao “Outubro Rosa”, no qual a diretora Andrea Ferreira, a “Ferreirinha”, ministrou palestra sobre os cuidados que as mulheres (e eventualmente também os homens) devem ter para buscar precocemente um diagnóstico e obter maior probabilidade de cura do câncer de mama. Segundo a palestrante, a prevenção é a principal forma de “lutar” para vencer a doença, que acomete milhares de pessoas todos os anos, no Brasil e no mundo.

 

O presidente do SIEMACO-SP, André Santos Filho, deu as boas-vindas às convidadas, externando sua alegria em ver a classe trabalhadora das categorias que o sindicato representa, mesmo aposentadas, presentes e atuantes, na ‘Casa delas (sede do SIEMACO-SP)’”!

 

“Estamos aqui de portas abertas, lembrando que o sindicato só existe por causa de vocês. Nosso objetivo é sempre auxiliar e ajudar, da melhor forma possível, as necessidades de vocês, trabalhadoras e trabalhadores”, disse André.

 

De forma descontraída e bem-humorada, “Ferreirinha”, acompanhada de Márcio Matos e Aline Santos Vieira, responsáveis pela equipe Jurídica e Previdenciária do SIEMACO-SP, falou abertamente às visitantes, que interagiram e se instruíram a respeito do tema. “A mulher tem que se apalpar, tem que conhecer seu corpo, isso é uma questão fundamental para a saúde. A abordagem aqui não é médica; eu falo baseada na minha experiência como sindicalista e agente social. O conhecimento é a melhor ‘arma’ para vencer as barreiras impostas pelos tabus da sociedade”, disse Ferreirinha.   

 

As diretoras do sindicato, Silvana Souza e Maria Silva, também participaram ativamente das discussões, buscando esclarecer dúvidas e ressaltando a importância de superar a “vergonha” e afastar os “preconceitos” que muitas vezes são formados, o que dificulta o tratamento quando não se debate adequadamente o tema. “Ao primeiro sinal de que há algo estranho no corpo, deve-se buscar imediatamente ajuda médica”, concluiu a palestrante.

 

Durante a apresentação, a trabalhadora Maria Alves da Nobrega Silva, varredora da empresa Sustentare – Alojamento Riachuelo -, pediu a palavra e deu um depoimento sobre como venceu um câncer de ovário, descoberto de forma tardia, relatando os medos e angústias que sentira, pois em sua família já houvera diversos casos da doença, os quais terminaram na morte de seus parentes. Ela agradeceu muito pela oportunidade e provocou lágrimas na plateia enquanto era aplaudida pelas colegas de profissão.

 

Ao final do encontro, foram realizados sorteios de brindes entre o público presente. Os assessores do sindicato, assim como os diretores Wagner Antonelli e Roberval Silva (Soldado), também presentes no local, prestaram todo apoio, o que culminou com o sucesso do evento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × três =