Durante cerimônia de posse, nova diretoria da Fenascon debate temas da atualidade e ratifica parceria com a CONASCON

postado em: Ações Sindicais, Notícias | 0

 

A diretoria da Federação Nacional dos Trabalhadores em Serviços, Asseio e Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes (Fenascon), eleita para a gestão 2017-2021, tomou posse nessa segunda-feira (21), em cerimônia realizada na sede da Femaco, em São Paulo. Dirigentes sindicais filiados à federação e funcionários também acompanharam o evento.

Os integrantes da Diretoria Efetiva, Conselho Fiscal e suplentes foram declarados empossados, reafirmaram o compromisso com a luta dos trabalhadores e ressaltaram a necessidade das entidades seguirem firmes na função de pressionarem os governantes pelos direitos dos trabalhadores, debatendo temas da atualidade.

Durante a transmissão de cargo, o ex-presidente da federação, Moacyr Pereira – que agora é presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Asseio e Conservação Ambiental e Áreas Verdes – passou para o atual presidente, Roberto Santiago, um relatório da prestação de contas e das atividades realizadas no período que esteve à frente da federação.

Entre as bandeiras levantadas para o novo mandato estão o fortalecimento e a homogeneização da atuação dos sindicatos, bem como sua representatividade no cenário político nacional.  “Não podemos fechar os olhos para o que está acontecendo no país. Apesar de alguns reflexos positivos na economia, o Governo tem anunciado grandes mudanças na legislação trabalhista e previdenciária. Infelizmente, hoje são poucos os representantes dos trabalhadores no Congresso, o que significa que as propostas apresentadas pelo governo tendem a serem aprovadas sem o devido cuidado, como por exemplo a questão das novas regras para a aposentadoria, que prejudica e aflige os mais humildes”, disse Roberto Santiago, que também é vice-presidente da UGT.

Ainda, conforme Santiago, o movimento sindical vai passar por uma série de transformações, com o andamento de questões como a flexibilização de leis trabalhistas, regulamentação da terceirização e custeio sindical. “Estamos atentos e devemos permanecer unidos em prol dos trabalhadores do nosso país”, finalizou.

A diretoria ficou assim constituída:


DIREÇÃO NACIONAL (TITULARES)

Presidente: José Roberto Santiago Gomes;

Vice Presidente: Paulo Cesar Rossi;

Secretário Geral: Cirilo das Mercês Bonfim;

Secretário de Finanças: Sandro Mizael dos Santos;

Secretário de Assuntos Sindicais: Paulo Roberto da Silva.


DIREÇÃO NACIONAL (SUPLENTES)

Fábio Kerson da Silva Xavier;

José Martins de Oliveira;

Israel Henrique Pereira de Queiroz;

Paulo Sérgio Pena Felix;

Valdir Gonçalves.


CONSELHO FISCAL TITULARES

Gilberto Cesar de Alencar

Francielle dos Anjos Vendrame

Azenira Lazarotto


SUPLENTES

Edson André dos Santos Filho;

Ana Paula Luciano dos Santos;

Juvenilson Diniz Almeida.


DELEGAÇÃO CONFEDERATIVA (TITULARES)

João Gerônimo Filho;

Manoel Martins Meireles.


(SUPLENTES)

José Moacyr Malvino Pereira;
Renata de Cássia Aguiar Souza.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − dez =