Demissões superam contratações pelo 3º ano seguido em Uberaba

postado em: Notícias | 0

Uberaba fechou o ano de 2017 com o saldo negativo de 229 postos de trabalho formais, ou seja, com carteira assinada. A cidade registrou mais demissões do que admissões. Foram 36.698 admissões contra 36.927 demissões. O resultado negativo muito se deve ao mês de dezembro, quando 3.789 desligamentos foram computados em face das 2.732 admissões, restando um saldo negativo de 1.057 postos de trabalho. Dezembro, aliás, foi o único mês de 2017 que fechou com saldo negativo de empregos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).  

Este é o terceiro ano consecutivo que o município fecha o lapso de doze meses com saldo negativo na geração de postos de trabalho formais. Ainda assim, os números são melhores do que os registrados no mesmo período de 2016. No mesmo período daquele ano, a cidade terminou com saldo negativo de 2.801. Dessa forma, o município subiu nove posições no ranking de empregabilidade no Estado de Minas Gerais e agora ocupa a 835ª posição.

De acordo com o Caged, os setores que terminaram o ano no negativo foram Construção Civil e Agropecuária. A primeira abriu 4.624 novos postos de trabalho e fechou 5.149, encerrando 2017 com o saldo negativo de 525 postos de trabalho formais. Já a Agropecuária encerrou o mesmo período com 2.457 demissões e 2.386 admissões, ou seja, retração de 71 postos de trabalho.

Ao longo do ano passado, o segmento que mais contratou foi o de Serviços, com a abertura de 14.040 novos postos de trabalho. Em seguida, veio o Comércio, com 9.107 e a Indústria da Transformação, com 6.346 trabalhadores celetistas contratados.

No entanto, o que fez com o que o saldo quase fosse zerado é que estes mesmos setores foram os que mais demitiram. Serviços (-13.887), Comércio (-8.960) e Indústria da Transformação (-6.338)

 

Paulo Borges – Jornal de Uberaba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =