Garis compartilham os perrengues da profissão e ensinam sobre descarte correto do lixo

postado em: Notícias | 0

Em vídeo, garis compartilham os perrengues da profissão e ensinam sobre descarte correto do lixo 2

Nem todo mundo imagina os perrengues que os garis passam todos os dias durante as coletas.

 

 

Há o risco de queda, cortes, infecções e muitos outros acidentes. Esses coletores ainda precisam ter um condicionamento físico imenso. Não é nada fácil fazer essas rotas, todos os dias!

 

Além disso, ainda há o preconceito que atinge todos os profissionais da área. Um trabalho essencial e que precisa de toda a nossa valorização e apoio.

 

Alguns dos garis que já passaram aqui pelo Razões, fizeram um vídeo contando como é a vida de coletor e ainda deixaram algumas dicas para toda a população.

 

 

garis falam da rotina da profissão

Da esquerda para a direita: Rafa Rodrigues (Gari do Bem), André Araújo, Giorggio Abrantes e Betinho

 

Descarte correto

O Rafa Rodrigues (@rafagaridobem) sempre mostra no perfil dele no Instagram, alguns acidentes durante a coleta. Recentemente, ele teve um corte no braço causado por um pedaço de vidro mal descartado por moradores.

 

Rafa é de Belo Horizonte e sempre orienta moradores da sua área de coleta sobre como proteger cacos de vidro ou outro material cortante. na hora de despejar o lixo.

 

Ele indica que garrafa, copos, seringas, etc. sejam colocados dentro de caixas de leite, caixas de papelão ou dentro de garrafas PET.

 

 

O Betinho (@roberto.marins526) também acha importante o cuidado com o descarte de objetos cortantes. Ele diz que é esse tipo de valorização que os coletores precisam ter, a partir da população.

 

“A gente não pede valorização em forma de dinheiro ou coisa assim. E sim, na hora que você for descartar um vidro, na hora que você for descartar uma faca, ou em meio a pandemia, na hora que você for descartar uma máscara“, diz Betinho, que reforça a necessidade de atenção que a população precisa ter com o coletor.

 

Segurança no trânsito

Para o André Araújo (@andrearaujogari), é muito importante que os motoristas tenham mais respeito e paciência com os garis e a coleta.

 

Ele conta que muitos condutores não têm paciência de esperar que o coletor recolha o lixo da rua e deposite no caminhão. Isso pode, muitas vezes, causar acidentes como atropelamento.

 

“Quando a gente vai pegar o lixo, tem muitos motoristas que são imprudentes. Eles arremessam o carro pra cima da gente. (…) A gente tá ali com o saco de lixo pesado. Às vezes a gente acha que ele vai dar preferência, mas não dá“, conta o gari.

 

Ele ainda complementa que sabe que o tempo está corrido pra todo mundo, mas é importante ter compreensão com o coletor.

 

Para quem não lembra, o André passou aqui pelo Razões quando a sua moto foi roubada e ele fez um vídeo pedindo ajuda para recuperá-la.

 

 

Gentileza é sempre importante

Para o Giorggio (@giorggio_abrantes) o respeito e a educação que os moradores têm com os coletores é o mais vale.

 

“Pense na felicidade quando você passa na rua e recebe um ‘bom dia’, ou pessoas generosas que te oferecem um pouco de água“, comenta o gari.

 

A história do Giorggio também é exemplar. Ele venceu o alcoolismo e hoje é um dos maiores exemplos de recicladores no Brasil.

 

gari-ecologico-7

O Betinho também fala que é preciso gentileza e respeito com os coletores. Ele alerta sobre os muitos ataques de cães que os garis sofrem durante a coleta.

 

O gari conta que é importante que as pessoas prendam os animais, mesmo os mais tranquilos, nos horários da coleta. Isso também é uma demonstração de gentileza com os coletores.

 

betinho gari

Essa pequena ação ajuda na segurança dos coletores e ainda agiliza a retirada do lixo.

 

O Betinho, o Rafa, o Giorggio e o André aceitaram o nosso convite para gravar um vídeo, falando mais sobre esses cuidados com o coletor.

 

POR MONIQUE DE CARVALHO

OUTUBRO 6, 2020

https://razoesparaacreditar.com/vida-de-gari-video/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 1 =