IGAS realiza seminário de planejamento e define período de cinco anos para sua implantação e consolidação

postado em: Notícias | 0

Nesta segunda-feira, 19, ocorreu o seminário de planejamento do IGAS, Instituto Gaúcho de Asseio e Serviços, nova estrutura que está sendo criada a partir do protagonismo do segmento da limpeza, asseio e conservação e une o setor patronal, através do Sindasseio RS e o setor dos trabalhadores, através da FEEAC RS e seus sindicatos filiados. O IGAS tem como foco promover o reconhecimento e fortalecimento do segmento e gerar inovação com políticas de formação e saúde para os trabalhadores, suas famílias e sociedade em geral.

O evento teve uma dinâmica através da metodologia da Matriz SWOT, que colheu as expectativas dos dois setores para elaboração dos projetos e do mapa estratégico para o instituto. O resultado foi o indicativo de planejamento estratégico para um período de cinco anos. Também houve apresentação sobre o processo de construção da identidade do IGAS e, na sequência, debate para elaboração de Missão, Visão, Valores e Propósito.

Na abertura da atividade, coube ao presidente do IGAS, Luiz Carlos dos Santos, e seu vice-presidente, Cândido Teles da Roza, a orientação sobre os objetivos e o funcionamento da imersão de planejamento.

A presidente do Sindasseio, Adriana Maia Mello, e o presidente da FEEAC RS, Henrique Silva, fizeram uma intervenção inicial para apresentar as razões pelas quais o segmento decidiu construir o instituto. Foi a partir dessa orientação, de ambos, que se desenvolveu todo o trabalho do dia. Tanto Adriana quanto Henrique manifestaram a expectativa positiva dos setores para a construção do novo espaço de inovação vinculado ao segmento.

Uma das principais demandas que deverá ser incorporada pelo IGAS será o enfrentamento ao chamado Dumping Social, que é a concorrência desleal, principalmente no setor público, que gera precarização em função do desrespeito aos contratos e a Convenção Coletiva da categoria.

Essa foi a primeira etapa do planejamento que deve ter, pelo menos, mais duas reuniões para a consolidação de tudo o que fora produzido. O planejamento, assim que for concluído, será a base orientadora para o trabalho do IGAS para o próximo período.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =